Torcendo pelo compartilhamento de conteúdos

por Isadora Müller

Mesmo com o iPad 2 bombando na mídia essa semana, vou contrariar a massa tecnológica. No meu primeiro post aqui no Geração Y eu vou – eu quero e preciso – comentar alguns fatos novos – isso existe? – sobre mídias sociais.

Bem, em um blog feito de jovem para jovem, parece desnecessário lembrar que estamos no século XXI e que a ordem agora, na web 2.0, é interatividade. Aliás, isso já é quase two thousand and late: o mundo tecnológico já fala em web semântica, 3.0 e todo o blá blá blá que ouvimos e lemos pela www afora – mas caso seja necessário lembrar desses fatores, já refresquei a memória do caro leitor.

Como é de praxe – é moda! – volta e meia sai uma nova pesquisa sobre o comportamento das pessoas na internet e como elas a utilizam, para que e como.

No Brasil, a coisa me preocupa. Segundo a consultoria eCMetrics, apenas 5% dos internautas brasileiros comentam ou compartilham o que encontram na world wide web. E 15% publicam conteúdos – que são consumidos por 60% que somente pesquisam informações na internet. Sim, os navegantes brazucas são muito passivos.

Mas começo a achar que a falta de criação e compartilhamento de informações não é prioridade do brasileiro. Diretamente do Two and a Half Men, nosso amigo Charlie Sheen bateu novo recorde no Guinness. Como? O cara que conseguiu um milhão de seguidores mais rapidamente na história.

Isso é normal. Aquela coisa do fã se sentir mais próximo de seu ídolo, podendo interagir com ele – mesmo que ele não esteja givin’ a f*$# para seus admiradores.

Mas, no meu mundo comunicativamente ideal, redes como Twitter – e todas as outras – continuam sendo para compartilhar. Não é, exatamente, espaço para voyerismos.

Alguém concorda comigo?

Quero propor uma brincadeira: em vez de escrever “oi gente, estou indo tomar banho, beijos”, desafio todos os twitteiros a postar em seu perfil ao menos uma notícia que achou interessante, diariamente. Contem-me como foi e se as pessoas interagiram com seus tweets. Depois comentamos sobre métricas, analytics e klout scores dos perfis, combinado?

Mas ok, você pode continuar seguindo o Ashton Kutcher. Afinal, todo mundo segue.

 

Sobre Isadora Muller
apenas uma viciada em comunicação, música e geekismos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: