Vá de bicicleta e compre um iPad

por Caroline Raupp

Essa é pra você que mora perto do trabalho. E como “perto” vamos considerar um perímetro de até 15km. Vou demonstrar com números, que escolher a bicicleta como meio de transporte, além de ecologicamente correto, pode ser um grande negócio ($).

Ônibus lotado, espera na parada, caminhada até o ponto, e ainda ter que pagar R$ 2,70 por isso! Esses e outros motivos levaram o professor de educação física Bernardo Oliveira, 22 anos, a utilizar a bicicleta para percorrer os cerca de 7 km que separam sua casa, no bairro Petrópolis em Porto Alegre, do trabalho. Desde que resolveu que a bicicleta era a forma mais prática de chegar ao trabalho, há pouco mais de um ano, Bernardo percebeu que além de fugir do trânsito, dos ônibus lotados e de fazer bem para o meio ambiente e para saúde havia outra vantagem, a grana!

O raciocínio é simples: valor da passagem de ônibus em Porto Alegre = 2,70 (absurdo, mas isso é assunto para outro post!). Quem pega apenas 1 ônibus até a empresa, tem gasto diário de R$ 5,40. Considerando uma média de 25 dias de trabalho, o gasto ao longo de um mês é de R$ 135, e de um ano, R$ 1.620. Preço médio, por exemplo, dos tablets vendidos por aí, sem falar nas várias outras coisas que você pode comprar, fazer e comer por esse valor!

Para quem tem medo de virar ciclista na selva que é o trânsito da capital, aí vão alguns dados da EPTC sobre isso: Dos mais de 26 mil acidentes de trânsito em 2010, apenas 300 deles envolveram ciclistas. Foram 142 vítimas fatais, apenas 6 nos acidentes envolvendo bicicletas.

Depois do atropelamento dos ciclistas no bairro Cidade Baixa, episódio que foi notícia no mundo todo, a prefeitura promete dar mais atenção a causa, principalmente com a criação de ciclovias pela cidade. Bernardo, que nunca sofreu nenhum acidente, acredita que as ciclovias encorajariam mais pessoas a utilizar a bicicleta como meio de transporte, e dá a dica para quem pretende experimentar, de que é preciso ter muita atenção no trânsito, já que os carros nem sempre respeitam as sinalizações. Outro alerta é para as pessoas que não estão habituadas a praticar exercícios de grande intensidade, elas devem passar por um período de adaptação antes de partir para a rotina de pedaladas.

Pense nisso…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: