Quem vai parar Nole?

por Eduardo Nozari

Todo mundo que gosta e acompanha tênis deve estar se fazendo essa pergunta do título: quem vai conseguir parar Novak Djokovic? O cara jogou 18 partidas em 2011 e ganhou todas, disputou 3 torneios e venceu os três (sendo 1 Grand Slam, 1 ATP 500 e 1 Masters 1000), em todos os 3 torneios despachou ninguém menos que Roger Federer e, para completar, na final de hoje ganhou do número 1 do mundo, Rafael Nadal. Tá bom ou quer mais*?

O jogo valendo a conquista do Masters de Indian Wells, na tarde desse domingo, foi um retrato da qualidade, da motivação e da absurda intensidade que Djokovic vem mostrando neste início de temporada. No primeiro set ele ainda tava meio frio, e o Nadal conseguia incomodar com as típicas bolas fundas, altas e com muito top spin. O saque do espanhol (que mais tarde iria pelo ralo) também ajudava bastante e assim Nole perdeu a primeira parcial por 4/6. Até aí parecia que o sérvio não ia dar muito trabalho e eu estava ficando inocentemente feliz (sou torcedor do Nadal). Mas foi a partir de então que a coisa mudou… Nadal começou a errar o primeiro saque, o que facilitou as coisas pro Djokovic e, acho eu, fez ele entrar de vez no jogo. Embora o segundo set ainda tenha sido um pouco parelho, Nole venceu por 6/3 e continuou embalado. O terceiro set foi um pandemônio para nós, nadalistas. Djokovic quebrou logo no primeiro game e depois no terceiro de novo e confirmou na sequência, fazendo 4/0. A intensidade do cara era inacreditável: chegava em todas as bolas e devolvia na base da pancada. A impressão que dava era de que ele era à prova de erros, sério. Impressionante. O Nadal até que conseguiu fazer 2 gamezinhos depois, mas tarde demais. Djoko venceu de virada por 4/6, 6/3 e 6/2.

Mas voltando à pergunta: quem pode pará-lo? É difícil dizer, mas acho que o saibro. Todos os jogos disputados (e vencidos) por Djokovic neste ano foram sobre quadras rápidas, o que dá uma bela de uma ajuda no estilo agressivo dele. Nessas condições ele já provou que está voando: venceu tudo e todos, incluindo Federer e Nadal (no caso de Indian Wells, os dois na sequência, o que já diz tudo). A temporada no saibro, que começa daqui umas semanas, após o Masters de Miami, já é mais lenta e na terra quem costuma levar vantagem sobre qualquer um é o Nadal. Djokovic já não vai mais estar tão confortável e alguns resultados negativos podem dar uma esfriada no ânimo dele (hoje, com certeza, ele está se achando o rei do mundo). O “problema” é que não tem como saber se ele de fato vai sentir a mudança para o saibro: é inegável que ele melhorou bastante a qualidade de jogo nesse início de 2011 em relação ao ano passado, mesmo quando falamos apenas de quadras rápidas. Logo, é possível que Djokovic também tenha evoluído sobre a terra, só que ainda não tivemos a oportunidade de conferir.

P.S.1: também é de se comemorar a volta em alto nível do Del Potro, que logo logo deve estar de volta ao top 10 e, quem sabe, top 5.

P.S.2: essa foi a primeira vez que escrevo sobre tênis, desculpa qualquer coisa, hehe.

P.S.3: abaixo, video com os melhores momentos da final de Indian Wells entre Djokovic e Nadal.

*Para quem não entende muito de tênis:

– Grand Slam, Masters 1000 e ATP 500 são as 3 classes de torneios de tênis masculino que mais distribuem pontos para o ranking (2000, 1000 e 500, respectivamente);

– Ganhar torneios grandes assim não é para qualquer um, ainda mais consecutivamente;

– Roger Federer é considerado por muitos simplesmente o maior jogador de tênis que já existiu, sendo recordista de títulos de Grand Slams;

– Rafael Nadal é o atual número 1 do mundo, principal rival de Federer quando esse estava no topo.

Sobre eduardonozari
Excelente jogador de tênis, crítico de cinema renomado, fotógrafo brilhante, chefe de cozinha profissional e jornalista padrão BBC.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: